Você está aqui
Home > Saúde > Trabalho de permacultura desenvolvido em Tucano é destaque na Rede Bahia

Trabalho de permacultura desenvolvido em Tucano é destaque na Rede Bahia

O programa Aprovado (Rede Bahia) viajou neste sábado (22/07) até a zona rural de Tucano para mostrar o trabalho de permacultura desenvolvido no Epicentro Marizá pela norte-americana Marsha Hanzi.

O projeto funciona desde 2002 na comunidade do Marizá, onde, à época, só existiam dois pés de caju e um riacho seco em uma área de sete hectares. Transformado ao longo dos anos, o Epicentro recebe constantemente estudantes e pesquisadores do país e de outras partes do mundo.

A permacultura , como descreve Marsha, uma das maiores especialista no assunto, começa com a relação ética do homem em cuidar da terra, das pessoas. “É um sistema de desenho de projeto sustentável que garante a comida, a água, moradia, até à economia alternativa para a pessoa ser mais independente dos grandes sistemas de fora que estão destruindo o planeta”, explica a permaculturista durante a entrevista.

Segundo Marsha, a prática da permacultura proporciona um estilo de vida com menos estresse para quem a pratica.

Marsha Hanzi– Suiça-americana, residente no Brasil desde 1976, é graduada em Antropologia pela Universidade da Flórida. Em 1991, realizou seu primeiro curso em permacultura com Max Lindegger e Lea Harrison no Havaí. Precursora da permacultura no Brasil, Marsha foi a fundadora do Instituto de Permacultura da Bahia, em 1992, e tem grande experiência com sistemas agroflorestais, agricultura sustentável e intuitiva. Mais informações podem ser adquiridas através do site www.marsha.com.br. O vídeo com a íntegra do programa está disponível no site do Aprovado.

Resenha Local

 

Deixe uma resposta

Top